Autoconsumo remoto

Autoconsumo remoto

Você tem um imóvel empresarial ou residencial onde quer fazer uso da energia solar, mas não há espaço para instalar um sistema fotovoltaico. Existe uma alternativa. A instalação pode ser realizada em outro terreno de sua propriedade e a energia gerada é convertida em créditos que podem ser utilizados por até 60 meses no imóvel onde não tem espaço. Isto é autoconsumo remoto.

Regulamentado pela Resolução Normativa 687/2015, da Aneel, o modelo é um dos três tipos de mini ou microgeração distribuída, que permite dividir os custos da instalação de sistemas solares fotovoltaicos e repartir os créditos de energia resultantes – os outros dois são o condomínio solar e a geração compartilhada.

Para usufruir dos benefícios da energia solar através do autoconsumo remoto basta que os  imóveis estejam registrados sob o mesmo CPF ou CNPJ e localizados dentro da área permitida para a geração de energia, conforme Regulamentação Normativa 482/2012 da ANEEL.

E mais, os créditos derivados da energia produzida pelos painéis solares instalados em um imóvel, desde que observadas as condições estabelecidas pela ANEEL, podem ser usados para abater das contas de energia de vários imóveis. Com isso, o consumidor também economiza com a aquisição e instalação dos painéis.

Caso o titular possua mais de um imóvel onde possa ser feita a instalação, é possível, ainda, escolher entre eles aquele com maior irradiação e, assim, otimizar a performance do sistema fotovoltaico. Isso sem contar que, ao gerar sua própria energia, você deixa de ter surpresas e passa a ter maior controle dos gastos mensais com energia elétrica.

Para saber mais sobre as vantagens da energia solar e os requisitos para adesão ao autoconsumo remoto ou solicitar um orçamento sem compromisso, entre em contato com a gente. Caso queira conhecer os projetos realizados pela EcoProjet em todo o estado, clique aqui.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin