EcoProjet_blog_2020_09_para_empresas

A energia solar vai fazer a diferença na sua empresa

Segundo dados recentes da Associação Brasileira de Energia Solar (ABSOLAR), cerca de 72,5% dos sistemas fotovoltaicos de geração distribuída no Brasil são de uso residencial. Mas apesar de serem minoria, a adoção da energia solar por empresas cresceu 241% apenas em 2019. Sinal de que cada vez mais empresários estão percebendo as vantagens do investimento para os negócios.

A energia solar reduz custos e protege o fluxo de caixa da sua empresa por mais de 25 anos. Além disso, a tecnologia apresenta rápido retorno sobre o investimento. As placas solares são capazes de atender toda a demanda energética do negócio e a redução da conta de energia fica em torno de 95%.

Como funcionam os sistema solares fotovoltaicos nas empresas

Desde 2012, quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) promulgou a Resolução Normativa 482, foi estabelecido o sistema de compensação de energia elétrica. Nele, o proprietário do sistema de micro ou minigeração distribuída é compensado pela distribuidora pelo excedente de energia que injeta na rede.

Para produzir energia solar, é necessário instalar um sistema fotovoltaico on-grid, ou seja, conectado à rede. Estes equipamentos captam a luz do sol e fazem a conversão para energia elétrica própria para utilização pela sua empresa. 

A energia é produzida apenas durante o dia.Todo o excedente – a energia não consumida pela empresa – é devolvida à rede elétrica da distribuidora, gerando créditos que são utilizados nos períodos nos quais não há geração de energia. É como se a rede elétrica funcionasse como uma bateria, armazenando a energia produzida em excesso para uso posterior. Desta maneira, é possível parar de consumir energia da rede, reduzindo a conta de luz.

Os consumidores comerciais são divididos em dois grupos, que obedecem a regras diferentes:

Grupo A (alta tensão)

Formado por grandes empresas. Para elas, o valor mínimo cobrado é igual ao da demanda contratada (estipulada na conta de energia). Esta limita também a potência do sistema que pode ser instalado.

A compensação para empresas deste porte é diferenciada, levando em conta o consumo em horários de ponta e fora de ponta: os créditos gerados são utilizados primeiro para abater primeiro a energia consumida no horário fora de ponta e, em seguida, no horário de ponta.

Grupo B (baixa tensão)

As empresas do grupo B, de menor porte, obedecem às mesmas regras da energia solar para uso residencial. A potência limite para os sistemas instalados em empresas deste grupo é igual a carga disponibilizada que será no máximo de 75kwp.

Não há, nesse caso, diferença na compensação de energia: cada 1 kWh injetado na rede gera um crédito que abate a mesma quantidade de energia consumida na distribuidora, independentemente do horário.

Vantagens da energia solar para empresas

1. Redução de custos: não importa o volume de energia consumida, é possível projetar um sistema para atender à demanda. Assim, quanto maior o consumo, maior a economia.

2. Imunidade à inflação: com um sistema fotovoltaico instalado, sua empresa fique livre dos constantes aumentos na tarifa de energia.

3. Proteção do fluxo de caixa: a energia solar propicia à sua empresa a estabilização dos custos com energia. Livre das flutuações na tarifa, a energia elétrica passa a ter um custo fixo.

4. Retorno sobre investimento: o valor economizado na conta de luz a cada mês é uma parte do investimento que retorna para a sua empresa. Em média, o retorno total acontece em pouco menos de 6 anos. O resultado são 19 anos de energia gratuita para a sua empresa.

5. Sustentabilidade: cada vez mais, os consumidores usam o seu de maneira crítica, privilegiando empresas que são percebidas como social e ecologicamente responsáveis. Ao investir em energia solar, o seu negócio passa a ser mais valorizado pelo público.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin